Afinal, o que é graduação?

O termo graduação é usado para se referir a uma formação superior completa, que permite ao estudante exercer uma profissão e ocupar uma vaga no mercado de trabalho. 

A palavra graduação também está relacionada ao ensino superior. Trata-se do nível de ensino que vem após o Ensino Médio, quando o aluno conclui a Educação Básica.

A graduação possui uma duração de 4 a 5 anos e oferece conhecimento teórico e prático.

A graduação pode ser classificada de três maneiras: bacharelado, licenciatura e tecnólogo.

No Brasil, para fazer uma graduação, o estudante tem de estar de posse do diploma e histórico do ensino médio.

Todos os estudantes brasileiros têm acesso gratuito e garantido aos ensinos fundamental e médio, pela Lei n º 9.394 1996, Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional aprovada em dezembro de 1996. 

A Lei que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, foi criada para “garantir o direito a toda população de ter acesso à educação gratuita e de qualidade, para valorizar os profissionais da educação, estabelecer o dever da União, do Estado e dos Municípios com a educação pública.”

O estudante que quiser pleitear uma vaga na universidade e fazer uma graduação deve passar pela prova de vestibular mais conhecida aqui no Brasil que é o – ENEM – Exame Nacional do Ensino Médio. 

Além do ENEM, a maioria das faculdades também costuma selecionar candidatos por meio de um vestibular próprio. Neste caso, a prova é elaborada pela própria instituição e aplicada em datas determinadas no edital do processo seletivo de cada instituição.

A graduação oferece muitas vantagens aos estudantes, entre elas estão:

. o poder que o estudante adquire por meio do conhecimento,

. para muitas organizações, ter um diploma de nível superior é condição sine qua nom para a contração de funcionários,

. o curso superior eleva a remuneração do funcionário, além de ampliar as possibilidades de emprego.

Qual a diferença de uma graduação, especialização e curso técnico?

De acordo o Ministério da Educação, 

. Bacharelado é um curso superior que confere ao estudante competências em determinado campo do saber para o exercício de atividade acadêmica ou profissional.

. Licenciatura, prepara docentes para o ensino fundamental e médio. 

. Cursos superiores de tecnologia ou tecnólogos são cursos de graduação plena como os de licenciatura ou bacharelado.

Entretanto, existe diferença entre: graduação, tecnólogo e curso técnico, em relação à duração e à intenção profissional. 

A graduação (nível superior) tem duração média de 4 a 5 anos e oferece maior conhecimento teórico e prático entre os três. 

Assim que terminar os cursos, nas modalidades Bacharelado e/ou Licenciatura, o estudante recebe um diploma de faculdade, de bacharel ou de licenciado e pode seguir com os estudos, fazendo cursos de pós-graduação e MBA.

Entre as modalidades Bacharelado e Licenciatura, a diferença consiste na forma como o estudante recebe um diploma de faculdade, ao terminar o curso. Este prepara o profissional para ministrar aulas e ensinar o que aprendeu na faculdade, aquele é voltado para a execução das atividades profissionais, em diversos cargos no mercado de trabalho. 

Por conseguinte, tanto o estudante bacharel quanto o estudante licenciado, pode fazer cursos de pós-graduação lato senso ou stricto senso e/ou Master of Business Administration, mais conhecido pela sigla MBA. Trata-se de um grau acadêmico de pós-graduação destinado a administradores e executivos das áreas de gestão de empresas e gestão de projetos, mas que atrai também pessoas de várias outras disciplinas acadêmicas.

O Tecnólogo, de acordo com o Portal do MEC, é um curso voltado para a formação especializada e, consequentemente, para o mercado de trabalho. A busca por estes cursos é em razão da rapidez de ingresso na vida profissional. A duração de um curso tecnólogo é de 2 a 3 anos e  é muito semelhante à graduação, mas com vistas ao mercado de trabalho.

Os cursos de tecnólogos são voltados para algumas áreas do mercado de trabalho com opções de cursos nas áreas de 

. apoio escolar, 

. gestão e negócios, 

. hospitalidade e lazer, 

. informação e comunicação,

. produção cultural e design, 

. produção alimentícia, 

. controle e processos industriais,

. produção industrial,

. infraestrutura,

. ambiente e saúde,

. recursos naturais,

.  militar e segurança.

Assim como a graduação tradicional (bacharelado e licenciatura), a graduação tecnológica também forma alunos qualificados a cursarem, posteriormente, pós-graduação e MBA. 

As graduações tecnológicas são reconhecidas pelo MEC, nas modalidades presencial e a distância (EaD).

Para fazer um curso de graduação tecnológica, é preciso ter concluído o Ensino Médio e participar do processo seletivo da instituição (vestibular), que pode ser substituído pela apresentação da nota do Enem em algumas instituições.

Já os cursos técnicos (nível médio) duram entre 2 meses a 3 anos e oferecem formação rápida e direcionada a áreas profissionais específicas.

É possível fazer graduação em Faculdades, Universidades, Centros Universitários e Institutos Tecnológicos.

Qual é o momento para eu começar a pesquisar a graduação?

Em qualquer momento da vida do estudante. Além disso, muitos já possuem uma tendência profissional, outros são preparados nas escolas em que estudam, assim como em casa, ao receber orientações dos pais. Há também muitas escolas que oferecem testes vocacionais, que ajudam os estudantes neste momento de escolha.

O importante é escolher o curso que deseja fazer e com qual tipo de trabalho quer atuar no mercado de trabalho. 

Quais são os níveis de graduação?

Depois que cursar a graduação e se formar, o estudante pode dar continuidade aos seus estudos e fazer uma pós-graduação.

De acordo com o MEC, as pós-graduações lato sensu compreendem programas de especialização e incluem os cursos designados como MBA (Master Business Administration). Com duração mínima de 360 horas, ao final do curso o aluno obterá certificado e não diploma. Ademais são abertos a candidatos diplomados em cursos superiores e que atendam às exigências das instituições de ensino – Art. 44, III, Lei nº 9.394/1996.

As pós-graduações stricto sensu compreendem programas de mestrado e doutorado abertos a candidatos diplomados em cursos superiores de graduação e que atendam às exigências das instituições de ensino e ao edital de seleção dos alunos (Art. 44, III, Lei nº 9.394/1996). Ao final do curso o aluno obterá diploma.

Conheça todos os cursos de graduação disponíveis no Brasil

Cursos de bacharelado e licenciatura

Administração

Agronomia (ou Engenharia Agronômica)

Antropologia

Arqueologia

Arquitetura

Arquivística

Artes Cênicas

Artes Visuais

Astronomia

Biblioteconomia

Bioengenharia

Biofísica

Biologia

Biologia Marinha

Biomedicina

Botânica

Ciência e Tecnologia

Ciência da Computação

Ciência Política (ou Ciências do Estado)

Ciências Agrárias

Ciências Ambientais

Ciências Atuariais

Ciências Biológicas

Ciências Biomoleculares

Ciências Contábeis

Ciências da Saúde

Ciências do Meio Aquático

Ciências Humanas (licenciatura)

Ciências Matemáticas da Terra

Ciências Naturais (licenciatura)

Ciências Náuticas

Ciências Sociais

Cinema

Comunicação social

Dança

Defesa e Gestão Estratégica Internacional

Desenho Industrial

Design de Interiores

Design de Moda

Direito

Ecologia

Economia

Economia Doméstica

Editoração

Educação Artística (licenciatura)

Educação do Campo (licenciatura)

Educação física

Enfermagem

Engenharia Aeroespacial

Engenharia Aeronáutica

Engenharia Agrícola

Engenharia Ambiental

Engenharia Biomédica

Engenharia Cartográfica (ou Engenharia Geográfica)

Engenharia Civil

Engenharia de Alimentos

Engenharia de Computação

Engenharia de Controle e Automação

Engenharia de Manufatura

Engenharia de Materiais

Engenharia de Minas

Engenharia de Pesca

Engenharia de Petróleo

Engenharia de Produção

Engenharia de Sistemas Eletrônicos

Engenharia de Software

Engenharia de Tecidos

Engenharia de Telecomunicações

Engenharia Elétrica (ou Engenharia de Energia)

Engenharia Física

Engenharia Florestal

Engenharia Geológica

Engenharia Industrial Madeireira

Engenharia Mecânica

Engenharia Mecatrônica

Engenharia Metalúrgica

Engenharia Militar

Engenharia Naval e Oceânica

Engenharia Nuclear

Engenharia Química

Engenharia Sanitária

Engenharia Têxtil

Escultura

Estatística

Farmácia (ou Bioquímica)

Filosofia

Física

Física Computacional

Física Médica

Fisioterapia

Fonoaudiologia

Gastronomia

Geofísica

Geografia

Geologia

Geoprocessamento e Sensoriamento Remoto

Gerontologia

Gestão Ambiental

Gestão Pública

Gravurismo

História

História da Arte

Hotelaria

Informática

Informática Biomédica

Jornalismo

Letras

Linguística

Matemática

Matemática Aplicada

Matemática Computacional

Medicina

Medicina Veterinária

Meteorologia

Microbiologia e Imunologia

Museologia

Música

Nanotecnologia

Naturologia

Neurociência

Nutrição

Oceanografia (arcaicamente referido como Ciência dos Mares)

Odontologia

Ordenamento do Território

Paisagismo

Pedagogia

Pintura

Produção Audiovisual (Rádio e TV ou Radialismo)

Produção Cultural

Psicologia

Publicidade e Propaganda

Química

Química Ambiental

Química Industrial

Quiropraxia

Relações Internacionais

Relações Públicas

Saúde Coletiva

Segurança Pública

Serviço Social

Sistemas de Informação

Sociologia

Teatro

Teologia

Terapia ocupacional

Transporte Terrestre

Turismologia

Urbanismo

Zootecnia

Cursos de tecnologias

Agrimensura

Agroecologia

Agroindústria

Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Aquacultura

Automação Industrial

Biocombustíveis

Biotecnologia

Cafeicultura

Ciência dos Alimentos

Ciência dos Materiais

Ciências Aeronáuticas

Comércio Exterior

Construção de Edifícios

Construção de Estradas

Construção Naval

Cooperativismo

Cosmetologia

Design de Jogos Digitais

Design de Produto

Design Gráfico

Drenagem e Irrigação

Energias Renováveis

Enologia

Esporte e Lazer

Eventos

Fotografia

Fruticultura

Gestão Comercial

Gestão da Qualidade

Gestão da Tecnologia da Informação

Gestão de Petróleo e Gás

Gestão de Recursos Hídricos

Gestão de Segurança Privada

Gestão do Agronegócio

Gestão em Serviços Jurídicos e Notariais

Gestão Financeira

Gestão Hospitalar

Gestão Portuária

Horticultura

Logística

Manutenção Industrial

Mecatrônica e Mecânica de Precisão

Meliponicultura

Mercadologia

Mineração

Negócios Imobiliários

Oftálmica

Processamento de Dados

Processos Escolares

Processos Metalúrgicos

Produção de Aguardente

Produção de Laticínios

Produção de Materiais Plásticos

Produção Fonográfica

Produção Sucroalcooleira

Produção Têxtil

Projetos de Estruturas Aeronáuticas

Radiologia

Recursos Humanos

Redes de Computadores

Redes de Telecomunicações

Saneamento Ambiental

Secretariado

Segurança da Informação

Segurança no Trabalho

Silvicultura

Sistemas Biomédicos

Sistemas de Navegação Fluvial

Sistemas Elétricos

Sistemas Embarcados

Sistemas para Internet

Telemática

Transporte Aéreo

Onde você pode fazer sua graduação?

A fim de ter uma busca completa das instituições brasileiras, como as Universidades Federais, as Universidades Estaduais, as Faculdades Municipais e as Faculdades privadas ou particulares, segue uma lista com o nome de algumas faculdades brasileiras que oferecem cursos de graduação. Todas são credenciadas e autorizadas pelo Ministério da Educação.

Caso queira uma busca mais detalhada, basta entrar no Portal do MEC, acessando o link http://portal.mec.gov.br/pec-g/cursos-e-instituicoes.

Universidades Federais

Universidades federais são a maioria das instituições públicas de ensino superior e são mantidas pelo Governo Federal pelo Ministério da Educação – MEC, e estão divididas em dois grupos: universidades federais e os Institutos de Educação Profissional e Tecnológicos.

De acordo com o Ministério da Educação, no ranking das 10 melhores universidades, quatro são universidades federais brasileiras, sendo elas: a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG); a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS); a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp); e a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), que ficaram em 5º, 8º, 9º e 10º lugar, respectivamente.

Universidades Estaduais

As universidades estaduais são aquelas criadas e mantidas pelos estados. Da mesma forma que as Federais, os cursos de graduação são gratuitos e a concorrência é normalmente alta também.  A maioria fica em São Paulo, como a

. USP – São Paulo,

. Unicamp – Campinas,

. Unesp – São Paulo, além da

. UERJ, no Rio de Janeiro

. UERGS, no Rio Grande do Sul, e

. UEMG, em Minas

Faculdade particulares – são faculdades pagas.  

UNIP, em São Paulo, 

FGV, Fundação Getúlio Vargas, presente em vários estados,

A Escola Superior de Propaganda e Marketing ESPM é uma Instituição de ensino superior do Brasil, situada em São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Florianópolis,

PUC – Pontifícia Universidade Católica, presente em vários estados

Universidade Estácio de Sá, presente em vários estados.

E aí, gostou do conteúdo?

Se você quiser saber mais sobre os nossos conteúdos, entre em contato com a gente, seus comentários são muito importantes para nós. Da mesma forma, se quiser que a gente fale sobre algum assunto relacionado ao universo do trabalho e do estudo, é só deixar escrito nos comentários, será um prazer poder tirar suas dúvidas.

No nosso próximo post, vamos falar sobre as diferenças dos cursos superiores presenciais e Ead. Está a fim de saber? Então, é só ficar com a gente!

Até o próximo post!

Confira também: